top of page
  • Gyna

Conheça o universo da hiperautomação para o seu negócio

Já ouviu falar de hiperautomação? Segundo um estudo divulgado pela Gartner, a hiperautomação foi a estratégia tecnológica número 1 em 2020. Em outro relatório, também da gigante consultoria Gartner, é possível ver que em 2022 foi esperado um crescimento de 23% no mercado mundial de software que permite a hiperautomação, quando comparado com 2020.


Para se ter maior noção do impacto que essa estratégia tem nas empresas que passam a usá-la, em um outro relatório, também da Gartner, está previsto que até 2024 a combinação de hiperautomação com processos operacionais reprojetados irão garantir uma redução de 30% nos custos operacionais para as empresas.


Agora que já deu para ter uma ideia da importância dessa estratégia, chegou a hora de realmente entendê-la e ver como e onde ela é aplicada. Então, continue com a leitura deste conteúdo até o final e não perca nenhuma informação.

O que é hiperautomação?

Como o próprio nome diz, a hiperautomação é a extensão da automação de alguns processos já conhecidos. Neste caso, ferramentas como Machine Learning, Inteligência Artificial, uso de bots e Automação Robótica de Processos (RPA) são combinadas para que a transformação digital atinja sua potência máxima.


A hiperautomação tem um forte impacto na tomada de decisão das organizações, visto sua capacidade de integração com diversas tecnologias e ferramentas de análise de dados e de números.


Além de reduzir os custos operacionais, como citado na introdução deste conteúdo, a hiperautomação também facilita a rotina das empresas. Isso porque, essa estratégia diminui a sobrecarga dos colaboradores e, consequentemente, diminui também as falhas humanas.


Assim, fica fácil entender que essa tecnologia não chegou no mercado para tirar o emprego dos humanos, mas sim para ajudá-los a ter um dia a dia mais fácil. Desse modo, os gestores conseguem designar seus colaboradores para tarefas que realmente precisam do esforço humano.

Tecnologias da hiperautomação

É fato que a hiperautomação tem ganhado cada vez mais protagonismo nas organizações. No entanto, para que seus efeitos sejam significativos, é preciso contar com outras tecnologias avançadas.


A Inteligência Artificial é uma das tecnologias mais conhecidas e que deve ser usada na hiperautomação. Isso se dá porque a IA é uma das responsáveis pela confiabilidade, segurança e eficácia das tarefas automatizadas.


Reconhecimento inteligente de caracteres (ICR) é outra tecnologia bastante usada. Com ela, a conversão de documentos analógicos para o digital é feita de forma muito mais rápida e fácil.


Machine Learning também é essencial para a hiperautomação, visto que com a aprendizagem da máquina, fica mais fácil corrigir falhas e aprimorar o funcionamento.

Automação Robótica de Processos (RPA)

A Automação Robótica de Processos (RPA) é uma das tecnologias estratégicas mais utilizadas em organizações. Isso porque, a RPA automatiza tarefas repetitivas.


Combinando a RPA com IA e hiperautomação, é possível automatizar praticamente toda e qualquer tarefa repetitiva, que poderia fazer com que um colaborador perdesse tempo precioso em atividades que não requerem tanto na inteligência humana.

Como implementar na sua empresa

Antes de colocar a hiperautomação em prática, é preciso criar um planejamento estratégico para saber exatamente onde essa tecnologia irá apresentar os melhores resultados. Desse modo, o gestor consegue escolher as melhores ferramentas para solucionar seus problemas.


Em seguida, é preciso entender todos os serviços oferecidos pela estratégia, para saber quais devem ser usados e quais podem ser dispensados. Também é fundamental ter um plano de ação, para saber quais outras tecnologias devem ser usadas em conjunto com a hiperautomação.


É essencial alinhar essas mudanças com todos os colaboradores que irão interagir com a tecnologia. E o acompanhamento do desempenho da hiperautomação deve ser feito constantemente.

Benefícios e vantagens da hiperautomação

São diversos os benefícios e vantagens que a hiperautomação oferece para uma empresa. Além da agilidade nos processos, é possível também perceber uma melhora no convívio dos colaboradores.


Com a hiperautomação, as operações da organização são executadas com mais eficiência e agilidade, visto que grande parte das tarefas designadas para as máquinas podem ser feitas de forma autônoma.


Nada substitui o esforço humano, no entanto, por mais competente que uma pessoa possa ser, ela sempre pode sentir cansaço, ficar doente ou não estar em um dia bom. Essas coisas podem impactar negativamente o trabalho. Com as máquinas isso não acontece, então existe uma redução de erros.


Ainda em relação à diminuição de erros, está a redução de custos gastos pela empresa. Essa redução acontece porque o número de retrabalho e desperdício de tempo e recursos em tarefas também diminui quando uma máquina está executando as atividades.


O controle sobre o que está acontecendo na empresa também fica mais preciso, visto que com a hiperautomação, todos os dados e informações ficam centralizados em um único local.

Conte com a GYNA

A GYNA Solutions tem expertise em serviços de Automação Robótica de Processos (RPA). Já são mais de 100 bots preparados para trabalhar em qualquer área de uma empresa, e mais de 700 bots trabalhando em plataforma própria.


A GYNA disponibiliza três tipos de bots, dependendo da complexidade, sem custo de setup e com pagamento mensal que cabe no orçamento.


Dentre os serviços que os bots da GYNA fazem estão: conciliação de contas, fechamento de saldos, fechamento de módulos (estoque, manufatura e movimentação), fluxo dos itens de compras, fluxo do custo de produção, fluxo de emissão de balancete, fluxo de consistência, movimentação de estoque para conta contábil, processamento de pedidos,

emissão de notas fiscais e processos contábeis (escritório de contabilidade).


Entre em contato para saber como adquirir nossos serviços e automatizar os processos da sua empresa!

2 views0 comments
bottom of page